quinta-feira, 28 de maio de 2015

NOTA DE ESCLARECIMENTO - Lirô Guimarães Fialho

NOTA DE ESCLARECIMENTO - Lirô Guimarães Fialho


A publicação desta Nota de Esclarecimento é um atendimento ao pedido do amigo e ambientalista Lirô, da cidade de Tasso Fragoso.

Lirô
Venho através dessa nota, fazer alguns esclarecimentos relacionado a opinião de algumas pessoas  a meu respeito referente ao Meio Ambiente.

Estão dizendo maliciosamente por ai que minha opinião a respeito do Meio Ambiente mudou, e que acham até que me vendi para os empreendedores interessados na construção da Barragem Canto do Rio.

Audiência Pública - UHE/Canto do Rio Tasso Fragoso - MA

Pois bem: Nem uma coisa, nem outra, foi, sou e sempre serei defensor da Natureza independentemente de qualquer coisa, eu venho a quinze anos levantando questionamentos, ambientais, culturais e turísticas nessa região, dando minha cara à tapa, nem só a minha mais também de minha família, sendo ameaçado, massacrado, rejeitado, criticado, apontado, discordado, humilhado, mal olhado, rechaçado, mal visto, mal pago, ou melhor, a maior parte do tempo nem pago fui, enfim sofrendo todos os tipos de violência possível atribuído a uma pessoa, nunca fui visto ou reconhecido por isso. Ninguém, (ou poucos) compartilharam isso conosco, e os que compartilham foi somente com algumas palavras de incentivo, mais nunca nenhum se prontificou a assumir e defender o Meio Ambiente na sua totalidade.

Nós últimos tempos, com a provável vinda de alguns empreendimentos pra essa região, estamos vendo algumas pessoas se manifestarem, com críticas de todas as formas, principalmente sobre a minha pessoa. Inclusive de pessoas que nunca moveram uma palha para defender o Meio Ambiente, agora se manifesta como bola da vez. Provavelmente porque o problema bateu na sua porta diretamente.

Impactos Ambientais nós temos a todo minuto, por exemplo: Caça predatória, (principalmente de pessoas que nem tem necessidade disso) pesca predatória, queimadas ilegais, tráfico de animais silvestres, desmatamento desenfreado, enfim, são vários os problemas causados pela falta de sensibilização ou conscientização ambiental. Meio Ambiente não é um problema só meu, é teu também.

No entanto, não vejo esses críticos fazerem nada, não se manifesta, não criticam, não apontam, não denunciam, não rechaçam, não discorda, não massacram, não rejeitam não se organizam tão pouco movem um dedo sequer pra defender o tão já sofrido Meio Ambiente, não fazem absolutamente nada pra mudar essa crítica situação. Todos calam, todos consistem, todos se acovardam, e se escondem atrás uns dos outros e deixam tudo como está.

Somos todos sabedores de milhares de hectares de vegetação nativa sendo derribados todos os anos no platô das serras, dejetos as toneladas sendo despejado nos rios e riachos, vindo assim à diminuição das águas, pessoas que às vezes moram ao lado de um açougue, mais não saem do mato caçando todos os tipos de bichos, fazendo farras com churrasco de animais silvestres, outros não saem do rio pescando, inclusive na época da reprodução dos peixes, com frízer cheio de peixes vendendo durante toda a época da desova, gente vendendo todos os dias à fauna do cerrado, vivendo toda uma vida traficando animais silvestres, as queimadas só tacam fogo uma vez, são meses e meses queimando tudo que tem pela frente, fogo esses que só se apagam nas épocas das chuvas ou quando não tem mais o que queimar;  derrubadas? A supressão das matas nativas nem se fala, já derrubaram tudo que tem encima das serras, e agora estão desmatando dentro dos vãos, causando assoreamento, a escassez tanto da fauna como da flora, já fizemos de tudo, brigamos, fotografamos e denunciamos incontáveis vezes, já fui pessoalmente às autoridades competentes por varias vezes e todos por unanimidade são conhecedores de tudo que acontece nessa região.  (Aliás, o próprio governo da autorização pra isso, da à autorização mais não da à fiscalização).

Agora com a provável vinda desses empreendimentos, todos os problemas se voltaram pra isso, o Rio Parnaíba já está com problemas há décadas, e todos sabem disso, inclusive as autoridades e o culpado é a hidrelétrica Canto do Rio que nem foi feita ainda?

Eu não sou a favor de nenhuma hidrelétrica, mais com isso não vou atribuir problemas já existentes a uma única coisa, já que são vários os problemas. No meu ponto de vista o Cerrado já está condenado à extinção á muito tempo.

Eu não sou a favor de nenhuma Hidrelétrica, não só no Rio Parnaíba como em nenhum outro lugar do mundo mais as hidrelétricas no Brasil corresponde a 90% da energia produzida no país. Já a energia Eólica, Solar, Nuclear e outras, são realidades na França, na Espanha, na Suécia em países chamados 1º mundo, no Brasil isso ta longe de acontecer, é verdade, ta longe, existe sim, em pontos isolados mais ainda não é prioridade nestes pais. Quando se fala em “energia limpa”, não estamos falando de um tipo de geração de energia que não cause nenhum impacto ambiental, pois, até o momento, esse sonho ainda não se tornou realidade.

Neste país todos querem os benefícios que a energia pode trazer, mais a verdade é que todos querem que a hidrelétrica seja na casa dos outros.

A diferença entre o veneno e o remédio é somente a dose, se acham que o Rio Parnaíba deve ser defendido, eu também acho, mais também acho que todas as questões ambientais devem ser defendidas, não somente priorizar um e deixar os outros, já que o Meio Ambiente é uma corrente que estão interligados entre si.

Por isso e por outras razões, digo e repito, não sou a favor de hidrelétricas, mais sou a favor da energia.


Lirô Guimarães Fialho
Tasso Fragoso-28 maio de 2015

Nenhum comentário:

Prefeito Rubens Sussumu decreta ponto facultativo o dia 06 de setembro!

Sr. Raimundo (Vaqueiro)   Ponto Facultativo - Através do decreto nº 094 de 30 de agosto, o Prefeito Municipal de Alto Parnaíba, Ruben...